Estratégias em tempos de baixo alcance orgânico

Acabou o almoço grátis!!

alcanceorganicFoi por volta de 2006 que o marketing digital começou a ganhar consistência no sentido de reunir ações isoladas em campanhas multicanal. Nessa época a complexidade das ferramentas e ações era bem menor, assim como a concorrência. Portanto era mais fácil e rápido conseguir bons resultados.

Uma das ações que entregava ótimos índices de desempenho era a otimização para buscadores. A maioria dos sites não atendia aos critérios de rankeamento, daí os poucos que se dedicaram à esta ação conquistaram facilmente a tão almejada primeira posição no Google! O mesmo aconteceu com os primeiros anos do Facebook, quando o algoritmo entregava um alcance bem elevado.

Só que a festa acabou.

A página de resultados (SERP) do Google se tornou extremamente complexa, com diversos tipos diferentes de resultados, além dos Links Patrocinados que agora ocupam o topo da página. O Facebook vem diminuindo o alcance orgânico das postagens ano a ano ao ponto de estar quase próximo ao zero. Não por acaso as duas empresas citadas são as duas maiores plataformas de anúncios e obviamente estão forçando os anunciantes a gastar mais para conseguir exposição. Este é um caminho inexorável, não adianta choramingar.

Então como proceder em tempos de baixo alcance orgânico?

Felizmente o marketing digital é bastante versátil e possibilita estratégias e ações que podem compensar o alcance orgânico perdido. Por isso eu insisto que utilizar táticas diversas em sinergia é muito mais eficaz do que uma ação isolada.

Conseguir melhorar o posicionamento orgânico no Google ainda é possível, embora alguns profetas do apocalipse insistam em afirmar eu o SEO morreu. Na verdade ele está vivo, só que muito mais complexo e difícil. A dica principal continua sendo criar conteúdo útil e relevante para o público almejado, ou seja, informações que de fato ajudem o visitante a resolver seus problemas. Pegar carona em assuntos “quentes” também costuma gerar bons resultados.

Indo além, eu aconselho a produzir conteúdos dirigidos para cada etapa do funil do marketing digital. Dessa forma a probabilidade de ser encontrado pelo público no momento em que ele tem uma necessidade será bem maior. Procure também concentrar o conteúdo produzido em nichos bem focados e específicos, de forma a “falar a mesma língua” do cliente.

Outra boa prática para melhorar a posição nos resultados de busca é estudar os ermos de pesquisa utilizados pelos visitantes. Não para repetir os mesmos termos, mas para utilizá-los com inteligência. Está cada vez mais comum as pessoas fazerem pesquisas utilizando perguntas diretas para o Google, por exemplo, “Como fazer chocolate quente” ou “Como usar telefone VoIP?”. Que tal produzir uma FAQ bem completa sobre os seus produtos e serviços de modo a responder estas perguntas dos consumidores?

Quando criar esse tipo de conteúdo que auxilia um visitante a resolver um determinado problema, insira na página recursos de compartilhamento. Quando uma pessoa é auxiliada ela gosta de compartilhar isso com outros na mesma situação. Promova uma melhor experiência do visitante dentro de cada página, deixando indicações visuais e diagramações funcionais dos elementos de texto e imagem.

Nas redes sociais, e principalmente no Facebook, não confunda postagem de conteúdo com propaganda. Isso afasta os visitantes. Publique conteúdo específico para promover engajamento, dessa maneira os seguidores vão criar empatia por sua marca ou empresa. Nestas situações utilize hastags relevantes ao assunto.

Procure descobrir qual é o seu “horário nobre”,, quando o maior número possível de seus seguidores estiver online. Aumente a frequência de postagens para driblar o baixo percentual de alcance do algoritmo e faça isso de forma automatizada.

Estimule a participação ativa da sua audiência fazendo perguntas diretas e pequenas provocações para induzir a pessoa a interagir.

Por fim, fique sempre atento ao monitoramento de todos os seus canais e mídias. Os dados estatísticos transformados em informações podem dar ótimas sugestões de melhorias e ideias novas de conteúdo que o público pesquisa.

Reforçando: uma estratégia baseada na diversidade de ações acionadas no momento adequado sempre será mais eficaz do que um único canal trabalhando sozinho.

Estratégias em tempos de baixo alcance orgânico
Classificado como: